Combate à ansiedade: 4 medidas simples!

combate à ansiedade

O mundo está cada vez mais dinâmico e agitado, é fácil perceber isso. Temos tudo ao alcance das nossas mãos com um smartphone, o que é ótimo, mas se não tomarmos cuidado, as cobranças podem se tornar excessivas e nos levar a adoecer. O aumento na busca por soluções no combate à ansiedade é uma prova disso.

A quantidade de pessoas deprimidas, ansiosas e estressadas só aumenta. Essa demanda tem feito com que o tema saia das sombras e ganhe espaço para ser discutido, o que é excelente, pois diversos profissionais estão focados em desenvolver técnicas para ajudar a tratar esse problema.

Não é fácil lidar com a ansiedade, mas existem diversas maneiras de diminui-la ou de controlá-la, e evitar que o caso fique mais grave, podendo gerar crises de pânico. De modo geral, descobrir novas atividades e se envolver com elas é a primeira dica! A seguir, você encontrará encontra mais quatro medidas que podem ser eficazes no combate à ansiedade:

1 – Conte com seus amigos no combate à ansiedade

Não dê chance para a solidão. Uma das principais estratégias no combate à ansiedade é não ficar só. Contate seus seus amigos, familiares e, caso more sozinho, convide alguém para assistir filmes ou séries e até mesmo dormir na sua casa. Faça um esforço para visitar outras pessoas também.

Isso porque a companhia de outras pessoas ajuda a distrair e ocupar seus pensamentos, e isso diminui a sensação de vulnerabilidade que a ansiedade traz. Aproveite todas as oportunidades para falar sobre o que está sentindo, isso também vai te ajudar.

Assim que estiver se sentindo melhor, passe a trabalhar a seguinte questão também: não podemos esquecer que é preciso saber ficar sozinho às vezes.

2 – Pratique atividades físicas

É comprovado cientificamente que atividades físicas de intensidade moderada ajudam a reduzir os sintomas de ansiedade. Pesquisadores afirmam que 150 minutos de prática por semana são suficientes para isso. Isso são 20 minutinhos por dia, fácil, não é?

Durante a atividade, sua mente foca no cuidado com o corpo e nos movimentos que você precisa fazer para tal prática. No começo, evite atividades com alto grau de competitividade, já que elas podem trazer a ansiedade a partir de outro aspecto.

Procure uma academia que tenha fácil acesso ou um esporte outdoor, como corrida e bicicleta. Lembre-se também de que orientação profissional é muito importante para não ter lesões e outros problemas; veja esse post com dicas para ter mais energia no dia a dia, com certeza vai te ajudar!

3 – Concentre-se em sua respiração

Parece bobagem, mas a oxigenação do cérebro e do corpo fazem toda diferença em como nos sentimos e, por isso, também é uma maneira de combate à ansiedade. A respiração curta, superficial e sem ritmo reforçam a tensão no organismo.
Existem diversas práticas respiratórias, desde os chamados pranayamas, que são exercícios respiratórios de yoga, até técnicas desenvolvidas especialmente para lidar com a ansiedade que podem ser facilmente encontradas na internet.

4 – Mantenha a consciência firme

Estar consciente do todo que nos envolve é fácil e difícil ao mesmo tempo: é muito fácil se deixar levar pelas preocupações que nos pressionam todos os dias. Mas, é importante lembrar que não podemos controlar tudo e que é preciso viver um dia de cada vez. Transforme essa frase em seu mantra!

Infelizmente, o combate à ansiedade não tem uma fórmula única e infalível. Mas como pode ver, são diversas maneiras para ajudar a amenizar e acabar com esse mal.

Além disso, também estão disponíveis no mercado diversas opções de medicamentos. Nós recomendamos aqueles cujos efeitos colaterais são menores, com o Ansiolin®.

Procure trabalhar sua consciência para priorizar sua vida: viva o presente, não se preocupe com questões que não estão sob seu controle e respire com consciência. Todos deveriam se dedicar mais para cuidar do corpo e da mente, antes até mesmo de todos os afazeres e obrigações.

Conte com Ansiolin® no combate à ansiedade! Envie seu orçamento via Whatsapp: (11) 96902-0274, ficaremos muito felizes em ajudar!

Fonte: VivaBem / Galileu / Minha Vida

Comentários no Facebook

topo